sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

CineKriativa: Drácula - A História Nunca Contada

AVISO DE FÉRIAS!!!
O Leitura Kriativa estará de Férias do dia 19/12/2014 ao dia 10/01/2015. Nem por isso vou abandonar a todos deixei postagens programadas para vocês. Então anotem na suas agendas: 
Quartas-feiras: Resenhas e Sextas-feiras: Filmes!

Não deixem de visitar e comentar que assim que voltar de férias estarei retribuindo o carinho de todos vocês ok?


Título Original: Dracula Untold
Direção: Gary Shore
Roteiro: Bram Stoker, Burk Sharpless, + ver todos
Elenco: Luke Evans, Dominic Cooper, Samantha Barks, Sarah Gadon
Gênero: Ação, Fantasia
Duração: 92 min.
Distribuidor: Universal Pictures do Brasil
Classificação:
Ano: 2014

Os habitantes da Transilvânia sempre foram inimigos dos turcos, com quem tiveram batalhas épicas. Para evitar que sua população fosse massacrada, o rei local aceitou entregar aos turcos centenas de crianças. Entre elas seu próprio filho Vlad Tepes, que aprender com os turcos a arte de guerrear. Logo Vlad ganhou fama pela ferocidade nas batalhas e também por empalar os derrotados. De volta a Transilvânia, onde é nomeado príncipe, ele governa em paz por 10 anos. Só que o rei Mehmed mais uma vez exige que 100 crianças sejam entregues aos turcos. Vlad se recusa e, com isso, inicia uma nova guerra. Para vencê-la, ele recorre a um ser das trevas, que vive pela região. Após beber o sangue dele, Vlad se torna um vampiro e ganha poderes sobre humanos.

O filme em uma frase/pergunta:
Qual é o preço de sua alma?

Sabe quando você vai ao cinema sem esperar muita coisa? Desse jeito que fui assistir ao Drácula a história nunca contada. Confesso que histórias de vampiros estão um pouco passadas para mim: já tivemos os vampiros maus, os bonzinhos e os que são meio a meio. e não sabia exatamente o que mais iam inventar nesse quesito. Talvez por isso tenha gostado do filme, acho que ele foi bem explorado e trouxe um outro ponto de vista curioso sobre essa lenda.


Em Drácula acompanhamos a história de Vlad o empalador, a história já começou a me ganhar, pois eles mantiveram o espírito da lenda. Afinal, Vlad realmente existiu e tinha esse apelido, porém já começamos com um pouco de fantasia também, quando eles inserem os turcos na história, que aprisionam o menino desde criança o fazendo lutar sem ter pena de ninguém.  


Vlad cresce, se casa e volta a reinar em seu castelo, porém os turcos estão sempre em sua mente, quando um acontecimento faz com que o rei dos turcos exija 100 meninos para Vlad, para que eles os treine como fez com o príncipe anteriormente, incluído nesses meninos o próprio filho do príncipe. 


Vlad se vê desesperado e acaba recorrendo a uma força das trevas, capaz de devastar um exército inteiro sozinho. Porém, será que ele está pronto para aceitar as consequências de conseguir esse poder? Será o príncipe forte o suficiente para salvar sua família, seu povo e sua alma?


Drácula como disse anteriormente me surpreendeu pela história sendo vista de uma perspectivas nova. Temos os vampiros, porém eles são seres desconhecidos ainda. A cenografia foi muito bem realizada principalmente do castelo de drácula.

A atuação foi boa, o ator Luke Evans fez muito bem o papel de Drácula, porém a atriz que fez sua esposa (não lembro o nome dela agora) realmente deixou a desejar em meu ponto de vista, acredito que ela foi meio que sem sal nem açúcar. Dou destaque também para o ator que fez o vampiro original, muito bem interpretado e me deu arrepios. 


Agora o que mais me agradou nesse filme foram os efeitos especiais e maquiagem utilizada nos atores, que ficou perfeita. Temos várias cenas bem realizadas, que me fizeram pensar: "Acho que vou sonhar com isso de noite."
Mas como meu excelentíssimo disse o que é para ser feio deve ser muito feio mesmo, de assustar!

E o final foi uma coisa muito louca, que até agora fico me perguntando realmente o que aconteceu? Digno de reprise.

CURIOSIDADES

1. O filme foi originalmente intitulado de Drácula: Year Zero, já que conta a origem do vampiro Drácula.

2. Anteriormente, os atores Dominic Cooper e Charles Dance estrelaram filmes de vampiro. Cooper foi visto em Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros (2012) e Dance em Anjos da Noite 4 - O Despertar (2012).

3. Sam Worthington estava originalmente cotado para estrelar o longa, antes de ser substituido por Luke Evans.

4. O primeiro filme solo de Drácula de grande orçamento, produzido por Hollywood e lançado cinematograficamente em quase 14 anos desde Drácula 2000 (2000).

5. Samantha Barks foi escalada como Baba Yaga e Charlie Cox para um papel não revelado, mas ambas as personagens foram cortadas do filme final.

VEJA O TRAILER: 


Concluindo, foi um bom filme que recomendo por sua história e seus efeitos. Para quem quer conhecer uma outra visão de Drácula.
Raquel Machado

8 comentários:

  1. Oi, Raquel! Pelo visto, esse novo filme do Drácula tá bem diferente e legal! Fiquei com vontade de ver ele! Ótima resenha/dica! :D

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Já assisti esse filmeeee, um amorrr <333

    http://blogquerida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu adorei o filme! Foi diferente e muito legal!
    Bjs

    http://achadosdamila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Adorei sua resenha para o filme. Não tive a oportunidade de vê-lo no cinema, mas ainda quero assistir ao filme. Parece ser bacana e eu não sei nada sobre Dracula, sério, só o básico UASHUASHAU Boas férias e um Feliz 2015 :)

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing
    thisadorablething.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oii Raquel!
    Q delíciaaaa férias \o/
    Eu não sou muito fã de filmes não, ainda mais de terror hahaha!
    Mas valeu sua indicação!
    Um feliz ano novo p vc!!
    Muito amor, paz e muitoooosss livros e qm sab mais um escrito po vc?! Eu ia amar hahahah!
    Bjos!!

    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Raquel eu vi esse filme já há algum tempo e gostei bastante. Como é um filme que conta a origem achei o roteiro bom. :D :D Acho que a esposa do Drácula é meio sem sal nem açúcar porque as mulher eram assim naquela época né. Achei até muito para ela se colocar contra ele quando decidiu entregar o filho para os saxões. Acho que a única parte de fantasia quanto aos saxões é que eles tenham levado crianças, sei que eles pegaram muitos homens de diversas partes do continente para serem escravos de guerra, mas não sei se eram crianças realmente. Então é isso, boas férias e um ótimo ano novo. Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei o Blog lindona, parabéns e sucesso.Dá uma passadinha no Blog tem post novo de produtinho novo e suplemento capilar.
    Caso você se inscreva no Blog deixe o link do seu blog para que assim,eu possa estar retribuindo sua inscrição,te seguindo de volta
    Blog : http://anunciosparceriasdivulgacao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Vi o filme e adorei!!! Achei muito bem feito e com um ótimo texto!!!

    ResponderExcluir