segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Outlander - A Viajante do Tempo de Diana Gabaldon

Editora: Arqueiro
Páginas: 800 páginas
Edição: 1
Ano: 2016
Gênero: Romance
Classificação
Onde comprar:

Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros.

Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro das Terras Altas, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo pelo escocês. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?


Bom Dia Pessoal,

Essa é uma das resenhas mais difíceis que eu já fiz para o blog. Porque esse é um dos:  
MELHORES LIVROS QUE EU JÁ LI NA VIDA

Tenho dificuldade pois é complicado externar tudo que esse livro me fez sentir e refletir, mas tentarei explicar as razões de eu ter chegado a essa conclusão e quem sabe convencer você a dar uma chance a essa leitura.

Em Outlander - A viajante do tempo (primeiro livro da série) acompanhamos a história de Claire, uma enfermeira que trabalhou durante a segunda guerra mundial tratando vários soldados a beira da morte. A guerra acabou e ela decidiu viajar com seu marido Frank (que também estava servindo na guerra) para as terras escocesas, tentando ter uma segunda lua-de-mel e dar um "up" em seu casamento que parece ter esfriado.

Frank escolheu a Escócia principalmente pelo fato de querer pesquisar sobre seus antigos antepassados, já ela não liga muito para isso, e prefere ficar em busca de plantas e ervas medicinais, que é sua mais nova paixão. 


- O que você viu exatamente? - perguntei sentado-me no banquinho da penteadeira. Indiquei a garrafa de uísque erguendo uma das sobrancelhas e Frank imediatamente foi servir dois uísques.
- Bem, na verdade, apenas um homem- ele começou, medindo uma dose para ele e duas para mim. - Parado na rua lá fora.
- O que? Do lado de fora dessa casa? - perguntei com uma risada. - Então, deve ter sido um fantasma; não posso imaginar ninguém parado por aí em uma noite como essa.
página 24

Um belo dia, os dois vão até o alto de uma montanha perto de algumas pedras, o lugar se chama Craig na Dun (descobri que esse lugar foi inteiramente inventado pela autora, apesar de na Escócia sim existir alguns lugares que tem os famosos círculos de pedras) e eles acabam presenciando escondidos um "ritual pagão". Várias mulheres dançando em torno das pedras com lampiões o amanhecer. Isso os deixa fascinados, porém eles acabam tendo que deixar o lugar apressados para não serem descobertos.


Apertou os olhos míopes para a minha mão, percorrendo delicadamente.com uma unha dura e pontuda, a minha profunda linha do casamento.
- Na maioria das linhas do casamento é interrompida, a sua bifurcar-se.- Ergue os olhos em tom brincalhão. - Certamente, você não é uma bígama em segredo, não é?
Sacudi a cabeça rindo.
- Não.Quando teria tempo para isso? - Em seguida virei a mão mostrando a parte externa.
página 38

No outro dia, Claire volta ao local sozinha para coletar algumas espécimes de plantas que chamaram sua atenção, enquanto Frank vai falar com um padre na cidade sobre sua árvore genealógica. Ao chegar na montanha ela é hipnotizada e ao tocar em uma das pedras, o que acontece em seguida é algo inacreditável


A verdade é que nada se movia, nada mudava, nada parecia acontecer e, ainda assim, eu experimentava uma sensação de terror tão grande que perdi completamente a noção de quem ou o quê eu era, ou onde me encontrava.Estava no âmago do caos e nenhuma força física ou mental era útil contra isso.
página 51

Ela é transportada para algum lugar do século XVII, época em que a Escócia estava em guerra contra a Inglaterra e se vê ao meio de uma "pequena batalha" entre ingleses e escoceses. A moça fica aturdida ao se deparar com o antepassado de seu marido, o capitão Jack Randall, mais conhecido como Black Jack (perfeito apelido e quem ler vai entender), porém ele não é nada do que Claire esperava. Ela acaba tendo que fugir do homem caindo nas mãos de escoceses. Eles também não confiam na inglesa, porém ela se faz útil ao chegar na casa e tratar do ombro de Jamie, um jovem escocês que está ferido.


Parecia inconcebível,mas todas as evidências indicavam que eu estava em um lugar onde os costumes e a política do final do século XVII ainda vigoravam. Eu teria imaginado que tudo não passava de algum tipo de espetáculo de fantasia,se não fosse pelos ferimentos do jovem a quem chamavam de Jamie.
página 70

Sem saber o que pensar direito e como agir ela acaba "aprisionada" pelo grupo escocês e levado até um dos antigos castelos da época chamado Castelo Leoch, para ser apresentada a Column, o chefe do clã Mackenzie, um dos mais poderosos da época. 


Eu estava furiosa,nauseada, humilhada e revoltada,mas curiosamente sem muito medo. Senti um movimento pesado, frouxo, contra a minha perna e repentinamente compreendi por que. Ele não iria conseguir a menos que eu gritasse,- e provavelmente nem mesmo assim.
página 331

E a partir disso, Claire se vê envolvida nessa época antiga, onde terá que aprender os novos costumes, enquanto tenta arrumar uma maneira de voltar para sua própria época, e além disso, vai ter que se esforçar para não se envolver com lindo jovem escocês Jamie, que parece ler seus pensamentos. 

Uma história de guerra que vai fazer seu coração palpitar
Um romance que vai fazer você suspirar
Uma viagem no tempo que vai abalar todas suas estruturas

A jornada apenas iniciou e você tem coragem de embarcar nela junto?



MINHA OPINIÃO

Posso dividir minha vida literária em alguns grandes marcos de escritores que me fizeram enxergar a literatura de uma forma diferente. Posso dizer com todas as letras que Diana fez isso comigo. Estou devastada, fanática e apaixonada por essa fantástica história.

Eu havia encontrado esse livro há alguns anos, e ao ler a sinopse sabia que me apaixonaria por essa história. Na época o livro era comercializado pela editora Rocco (que acredito não deu muito valor a série), e por isso não tinha muitos exemplares disponíveis nas livrarias. Com algum esforço consegui o primeiro livro da série, mas não o li em seguida. Algum tempo depois, ouvi a notícia que a transformariam em uma série de tv, mesmo assim, decide me segurar pois queria ler o livro antes. Finalmente esse mês assistimos o primeiro e episódio e corri ler o livro antes de terminar de assistir a temporada porque não podia mais fugir dessa magnífica história.

A Viajante do Tempo é escrito em primeira pessoa na visão de Claire, e com ela que vamos descobrindo esse novo mundo. O livro é enorme (para meu padrão pelo menos) tem quase 800 páginas, confesso que deu um medinho na hora de começar a ler ele. Entretanto, algo aconteceu durante a leitura, e finalmente consegui entender o que muitos falam, não importa se o livro tem 1.000.000 de páginas, se ele for bom você sempre vai querer mais, e foi o que aconteceu comigo. Ao acabar fiquei devastada e querendo saber mais e mais, então corri na internet e comprei o segundo volume, eu não podia esperar. Com isso descobri essa história faz parte de uma série (uma série bem longa) e demorei um pouquinho para entender a cronologia, por isso vou deixar ela aqui em seguida para ajudar vocês. A arqueiro comprou os direitos dessa série de livros e até o momento (2017) lançou até o livro 6 no Brasil.

Livro 1 -  A viajante do tempo
Livro 2 -  A libélula no âmbar 
Livro 3 - Parte I - O resgate no mar
Livro 3 - Parte II - O resgate no mar
Livro 4 - Parte I - Os tambores de outono
Livro 4 - Parte II - Os tambores de outono
Livro 5 - Parte I - A Cruz de Fogo
Livro 5 - Parte II - A Cruz de Fogo
Livro 6 - Parte I - Um sopro de neve e cinzas
Livro 6 - Parte II - Um sopro de neve e cinzas
Livro 7 - Parte I - Ecos do Futuro
Livro 7 - Parte II - Ecos do Futuro
Livro 8 - Written in My Own Heart’s Blood
Livro 9 - Go Tell the Bees that I Am Gone (a escritora está escrevendo porém não tem data de lançamento ainda).

E ela deu algumas entrevistas que pretende acabar a série no Décimo livro, porém nada confirmado 100% ainda.

Diana criou uma história tão fantástica porque ela mistura fantasia, utilizando a volta no tempo por "poderes mágicos", romance entre um dos casais mais fofos da literatura pois o que acontece com eles é natural e real não tem como não se envolver, além de fatos históricos fascinantes como a guerra entre a Escócia e a Inglaterra. Além disso, temos uma pesquisa tão complexa sobre os costumes da época, as plantas que eram utilizadas para cuidar de certas enfermidades e os fatos históricos que enriquecem demais esse livro(quando eu crescer quero ser que nem você Diana), e o que me deixou abismada é que em uma entrevista ela comentou "que estava escrevendo pata treinar sua escrita".

Nota da autora:
A série Outlander começou por um acidente no final da década de 1980 quando decidi escrever um romance para praticar. Meus objetivos foram:
1. Aprender o que é necessário para escrever um romance.
2. Decidir se eu realmente queria fazer isso.
Eu fiz e aqui estamos tentando descobrir o que diabos vocês chamam de livros que ninguém pode descrever, mas, felizmente, a maioria das pessoas parece gostar.
Essencialmente, esses romances são Grandes, Enormes, Ficções Históricas à la James Clavell e James Michener. No entanto, devido ao fato de eu ter escrito o primeiro livro para praticar e não pretendia mostrar a ninguém, não vi nenhum motivo para me limitar, eles incluem história, guerra, medicina, sexo, violência, espiritualidade, honra, traição, vingança, esperança e desespero, relacionamentos, construção e destruição de famílias e sociedades, viagens temporárias, ambigüidades morais, espadas, ervas, cavalos, jogos de azar, viagens de ousadia, jornadas de corpo e alma. Você sabe, o material usual da literatura.
Eu não gosto de fazer coisas que já fiz, então (apesar de ser uma série e envolver os mesmos personagens centrais), cada livro é único em estrutura, tom, abordagem e tema. Os livros podem ser lidos independentemente um do outro (não posso ter certeza de que as pessoas que vêem o mais novo em uma mesa de livraria perceberão que é parte de uma série, então os livros são (com pequenas exceções) projetados para ficar sozinhos), mas se você tiver uma escolha, recomendo que comece no início, com "OUTLANDER", e lendo a história em ordem de publicação (eu diria "em ordem cronológica").
Diana Gabaldon



Continuando com minhas observações pessoais, gostaria de comentar um pouco sobre o enredo e porque me fascinei tanto. Temos todo esse ar de volta no tempo e de se acostumar com coisas que eram normais naquela época, aqui comento uma pequena cena onde a protagonista acaba tendo que levar uma surra por sua desobediência(e que eu falo foi totalmente merecida),mas que também fico sentida pelo seu orgulho feminino abalado. Temos também os confrontos entre escoceses e ingleses, afinal eles estavam "em guerra" não declarada (ainda), e isso trouxe um dinamismo incrível para o livro. Afinal, os escoceses acreditam que ela é uma espiã inglesa, enquanto os ingleses não entendem o que uma mulher poderia estar fazendo sozinha na Escócia. 


- Bem, essa é a questão - disse devagar - Talvez faça.E isso é porque você não leva as coisas tão a sério quanto elas são.Acho que você vem de um lugar onde tudo é mais fácil. De onde você vem, não é uma questão de vida ou morte desobedecer ordens e tomar decisões por conta própria. Na pior das hipóteses, pode causar algum desconforto há alguém ou ser um pouco inconveniente, mas não vai matar ninguém.
página 341

Como Claire era enfermeira logo toma posto de curandeira no castelo, lidando com ervas e plantas. Sabendo de coisas que não são tão possíveis, não demora muito para chegar ao ponto de: Acusações de bruxaria (isso não é spoiler pois está na sinopse do livro), e essa parte foi fantástica e contém uma das revelações que me fez perder o fôlego e pensar "Meu Deus do céu!".

Além disso, temos é claro o romance fofo e lindo da literatura!!! O jeito que ele acontece e se desenvolve é tão lindo, tão real, que não tem como não se apaixonar por esses dois personagens e chegar a conclusão de que eles são almas gêmeas e devem ficar juntos.


Você é sangue do meu sangue e ossos dos meus ossos.
Dou-lhe meu corpo,para que nós dois sejamos um só.
Dou-lhe meu espírito,até o fim de nossas vidas.
página 236

A capa dessa edição é linda,maravilhosa e tem tudo a ver com o tema. O livro é divido em algumas partes e em cada uma delas vamos conhecer e passar por uma situação diferente. Os capítulos possuem nomes e eles estão estritamente ligados com o que acontece durante a trama. 

Sobre os personagens, não tem como descrever todos apesar de merecerem assim falarei dos principais. Claire é essa mulher moderna, decidida extremamente culta e corajosa, jogada em uma época que não conhece, mas que está a posto para enfrentar o que for preciso para conseguir voltar. Jaime é um fofo , não tem como não se apaixonar por esse escocês, ele é gentil e teimoso como uma mula, porém seus qualidades sobrepõem seus defeitos e só o fazem parecer mais real e quanto mais conhecemos sua história, e quanto mais ele demonstra sua coragem e determinação, mais nos apaixonamos. Ok, já deu para perceber que estou apaixonada (desculpe Marcelo Brinker). Jack Randall é outro personagem incrível, me causou todos tipos de ódio possível, quando entrava em cena eu só queria bater nele ou sair correndo. O cara é doentio, e várias de suas ações me fizeram chorar e ficar totalmente chocada. Outros personagens como Geili Ducans, Jenny Fraser e Dougal Mackenzie ficaram em suas memórias, todos com papéis secundários, porém  que mereciam um livro somente para eles, de tanto que são reais, palpáveis e humanos. Incrível!


- Jamie - eu disse em voz de rouca, seu nome ecoando da água. - Jamie, por favor.
- Ainda não, mo duinne. - Suas mãos agarraram-me com força pela cintura.movendo-se devagar,pressionando para baixo, até eu realmente gemer.
- Ainda não. Temos tempo. E pretendo ouvi-la gemer assim outra vez. E gemer e soluçar,mesmo que não queira, porque não pode se conter. Quero faze-la suspirar como se seu coração fosse se despedaçar e gritar de desejo e finalmente berrar em meus braços e saberei que realmente dei muito prazer.
página 731

Tenho duas pequenas ressalvas a fazer sobre do livro.Primeiro sobre a diagramação. Meu exemplar ainda é da editora Rocco e alguns parágrafos ficaram confusos,porque era o mesmo personagem falando mas eles quebraram linha o que para mim não ficou legal. Segundo ponto, os detalhes específicos sobre o poder medicinal das ervas, eu retiraria algumas explicações demasiadas longas. Porém, ao final descobri que a autora trabalha nessa área e consegui entender do por quê temos algumas coisas tão detalhadas (está perdoada Diana).

Um outro receio que eu tinha é da autora se perder em tantas páginas, será que tem tanta história assim para contar? É me surpreendi novamente. As 800 páginas são preenchidas com uma maestria divina, cheia de fugas, intrigas, brigas,paixões e romance que me deixaram abismada e tendo que parar para respirar ao final para conseguir digerir tudo que ocorreu. 

Agora sobre o final, porque fizeste isso, Diana? Acredito que ela conseguiu colocar alguns costumes da época de uma forma dilaceral, que esmagou meu coração assim como dos personagens. Fiquei chocada pensando, porque? 

É isso que um grande autor consegue fazer com seu leitor. 

Ela nos levou até as profundezas da alma humana, para no final nos mostrar uma pequena luz e uma esperança.


Você tem livre-arbítrio, assim como todas as outras pessoas neste mundo. E a história, acredito, é a soma de todas essas ações. Alguns indivíduos são escolhidos por Deus para afetar o destino das pessoas. Talvez você seja uma delas, Talvez não. Não sei porque você está aqui. Você não sabe. Provavelmente nenhum de nós jamais saberá.
página 713

Como comentei, o livro possui uma série de TV, mas que falarei melhor em outro post, pois esse está ficando longo demais, apenas um pequeno conselho a série está muito bem adaptada e vale a pena assistir. Achei um vídeo maravilhoso sobre a série e a história como tudo foi feito com tanto empenho, um pouco sobre os personagens, atores para quem quiser conhecer deixo abaixo:




Sobre a Autora

Diana Gabaldon cresceu no Arizona, Estados Unidos, e é de ascendência mexicano-americana e inglesa. Tem formação em Zoologia, Biologia Marinha e Ecologia. 

Foi professora universitária durante mais de doze anos antes de se dedicar à escrita em tempo integral. Sua série Outlander se transformou em um enorme sucesso mundial e foi adaptada para a TV em 2014. Atualmente Diana mora em Scottsdale, no Arizona.

Site oficial da autora: http://www.dianagabaldon.com/blog/




Concluindo, sei que essa resenha ficou enorme e não teria como fazer isso diferente. Espero ter conseguido passar pelo menos alguns pontos do porque esse livro me emocionou tanto, porque Diana se tornou uma das minhas escritoras favoritas e porque você deveria conhecer essa série. 

Outlander é uma história bem escrita, com um fundo de fantasia e um romance de tirar o fôlego. Só tem mais um detalhe que quero comentar, na minha opinião: Esse não é um livro para qualquer leitor, pois é uma história cheia de conteúdo e exige uma entrega total do leitor. Mas, se você ficou 1% curioso, eu digo "Se joga", e depois vem aqui me contar o que achou. 

ALTAMENTE RECOMENDADO!!! 
QUERIDINHO DO ANO!!!

Raquel Machado

52 comentários:

  1. Oie querida!

    Pois é, até que enfim você se rendeu ao mundo dos "livros-bíblia" hehe larga mão de ser medrosa e pega o Martin pra ler também, você não vai se arrepender!

    Eu não posso falar do livro (ainda), mas como me empolguei com a série, sei que vou acabar lendo e gostando também, ainda mais depois de todas as tuas recomendações.

    Bjus!

    ResponderExcluir
  2. Oii ❤
    Sou louca por esses livros e achei o máximo conhecer mais deles😍
    Amei tudo o que tu escreveu, parece ser um livro fantástico! O que dá medo é esse tanto de livros. Rsrs
    Espero que em breve eu tenha todos eles 😍
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia a série, mas parece ser bem caprichada, ainda mais pela quantidade de livros e páginas neles.
    Fiquei um tanto quanto curiosa, uma vez que você disse ser o melhor livro que leu e preocupada já que requer um pouco de atenção especial e eu normalmente leio mais de um livro ao mesmo tempo.
    Enfim, uma boa dica para mim que ando tão por fora das atualidades literárias.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/2017/09/vida-em-marte.html

    ResponderExcluir
  4. Olá, Raquel.
    Eu tenho esse livro, mas a edição da Arqueiro aqui na minha estante, mas ainda não peguei para ler. Só de pensar no tamanho da série e no preço dos livros eu desanimo hehe. Mas quero muito ler e em seguida assistir a série. Resenhar um livro que não gostamos é dificil, mas um que amamos é mil vezes pior hehe. Por mais que a gente escreva ainda aprece que não ficou bom e que não vão entender o quanto ele é bom hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oi Raquel, tudo bem?

    Eu infelizmente nunca li essa série de livros e sempre fico na duvida se leio ou vejo a série de TV hehehehe ou os dois né? Uma amiga acompanha e faz resenha lá no blog e eu sempre acho que a narrativa da autora parece ser rica em detalhes e bem envolvente! Que bom que vc super curtiu!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Apesar de conhecer, não vejo a série nem nunca li os livros e que preguiça de os ler, são enormes :P

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  7. Oi, Raquel. Dá pra perceber a sua animação pela resenha haha
    já ouvi falar muito desse livro e da série e todo mundo que indica parece amar a história, mas meu grande problema em começar são as páginas enormes, por isso dá aquela preguiça e eu fico com um medo enorme de achar a leitura maçante. Mas vou levar em conta sua opinião, quem sabe eu não curta.
    Beijos
    http://www.leitoraencantada.com

    ResponderExcluir
  8. Só leio elogios a essa série, mas confesso que ainda não tive coragem de iniciar. Ela é enorme e seus livros são enormes. Entendo e concordo com o que vc falou, quando a história e a narrativa são boas não importa a quantidade e páginas os fãs semore querem mais. Mas enfim ainda não li nenhum dos livros nem vi a série, mas pretendo.
    Amei sua opinião empolgada. Sucesso na aquisição dos outros volumes. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  9. Olha eu não conhecia esse livro e foi interessante conhecer e poder conferir sua opinião sobre ele, mas no momento me declino, estou tão cheia de livros para leitura que to me privando de novos, mas irei por na minha lista, obrigada pela opinião.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela resenha Raquel! Com exceção de A Cruz de Fogo Parte 2, já li os outros volumes de Outlander e curti bastante. Alguns livros são melhores do que os outros, mas de modo geral a saga de Diana Gabaldon é maravilhosa! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  11. essa capa é mais bonita que a nova kkk Quero demais ler essa série, cheguei a assistir alguns episodios do seriado, mas parei para poder ler. Adorei sua resenha e as foto <3

    ResponderExcluir
  12. Menina que resenha maravilhosa e que fotos hein, fiquei apaixonada pela edição que tu trouxeste dessa vez, o viajar no tempo é algo que sempre me agrada e me motiva a ler mais esse gênero, ótima resenha e lindas. Dica anotada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Nossa, eu boto muita fé em quem lê essa série. Eu acompanho só a adaptação mesmo porque é cada calhamaço...
    Mas pela sua resenha, deu pra ver que é uma leitura super prazerosa.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe das promoções em andamento e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  14. Heiii, tudo bem?
    Sempre ameiiii viagens no tempo e sempre quis ler Outlander, ainda mais com a série super em alta e todo mundo amando.
    Eu não sei se tenho coragem de ler, pq a série é gigante e já me falaram que tem livros que são bem chatinhos e lentos.
    Adorei a capa do seu livro, achei até mais bonita que as novas.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  15. Ao contrário de vc, pra mim esse foi um dos piores livros que li na vida. Achei a escrita da autora repetitiva, cansativa. E pra piorar o livro é imenso pra se descortinar num final de motivos irrelevantes. Nossa não tinha paciente pra Claire tbm, nossa... Mt lerda é burra fazendo só idiotice! A única coisa que presta é o Jaime que realmente é um amor, mas um único personagem não consegue levar uma série desse tamanho não. Larguei mão nesse livro msm e parei de ver a série no momento em que saquei como é que ia acabar. Já li tantos livros maravilhosos com viagem no tempo q esse foi realmente decepcionante, esperava mt mais por conta das críticas sempre positivas, mas foi o oposto. Mas que bom que gostou.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  16. Ei Raquel

    Resenha linda! Que bom que você gostou tanto, eu sou apaixonada com essa série. Apesar que o último livro que li dela, Os tambores de outono, não me empolgou tanto porque começa a contar muito sobre outros personagens, e eu fico querendo só o casal principal rs.
    Tenho que arrumar tempo para ler logo o próximo, não sabia que a série poderia acabar no 10.
    bjs

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem? Que bom que você gostou do livro, eu quero muito ler essa série, parece ser muito boa e vejo falarem super bem dela.

    ResponderExcluir
  18. Olá!! :)

    Eu confesso que já ouvi falar imenso da serie de livros (e também da de TV), mas nunca fiquei muito curioso, a começar pelo tamanho dos livros! ahahah

    Bem, de qualquer das formas, é maravilhoso que essas paginas tenham tanto conteúdo e que a autora conduza a historia com maestria!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  19. Nossa, minha tia está apaixonada na série. Eu queria ler o livro, mas são tão grandes e tantos que estou com certo receio. Mas fiquei bem animada com a sua resenha.

    Beijos :*
    https://ohamoramia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Oi Raquel,
    Quanto amor por esse livro. Até hoje nao li uma resenha negativa sequer dessa obra e gosto disso. Estou bem curiosa para saber coml tudo se desenrola, principalmente, o que acontece com essa personagem tão incrível.
    Sua resenha e os quites estão maravilhosos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Eu morro de vontade de ler essa série, mas os livros são tão volumosos e são tantos livros que me dá uma preguicinha. Mas eu quero muito ler e o dia que eu parar para ler o primeiro eu tenho certeza que vou querer todos.

    ResponderExcluir
  22. Estou precisando urgentemente me render à essa série, que nem li ainda e já estou apaixonada. Nunca li nenhum livro ambientado na Escócia, o que me deixa mais empolgada ainda. Só escuto elogios aos livros e em breve pretendo fazer um projetinho de leitura para enfim começar a lê-los.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  23. Uau, essa foi a resenha mais completa que eu já li sobre essa obra. Parabéns! Eu já estava curiosa e após ler a sua resenha fiquei mais ainda haha. Eu não conhecia essa edição, é tão linda quanto a nova. Eu amo histórias com viagem no tempo e já estava me imaginando na situação da Claire, que loucura! Adorei saber a sua opinião, vou anotar a sua dica com certeza. bjss!

    ResponderExcluir
  24. Tudo bem, Raquel? Concordo que sua resenha ficou gigante, mas posso afirmar que você cumpriu bem sua missão de deixar os leitores do blog com água na boca para ler essa série. Sempre tive curiosidade com a série, pq eu leio fanfics e minha escritora favorita de fics ama essa série. Ela lia em inglês, quando ainda não tinha livros publicados aqui e falava maravilhas de Outlander. Ou seja, tenho curiosidade mesmo antes de ser publicado em português, mas como não leio inglês, esperei. Depois veio a série e nem terminei o primeiro episódio pq não me prendeu. Depois que vi que os livros eram calhamaços, daí desanimei mesmo. Agora, sua resenha veio me deixar louca para ler esse livro. kkkkk' Parabéns, conseguiu passar todo seu amor pela história. Um beijo e muito sucesso com tudo!!!

    ResponderExcluir
  25. Bem vinda ao clube!!! Me senti assim também neste volume e no segundo também. Aliás, na minha humilde opinião, pelo menos até onde eu li que foi o 5º volumes, estes dois são os mais fortes em termos de emoção. Diana consegue contar uma história incrível, onde nem vemos as páginas passando.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  26. Olá!
    Eu amo essa série e não vejo a hora de concluir as outras leituras. Parei no Resgate do mar parte 1 e até agora não peguei os outros para ler.
    O que mais me chama atenção nessa série é a gama de informações a respeito das épocas e carregados de emoção.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  27. Oi, tudo bem?
    Eu acho que nunca vi uma pessoa falar mal desse livro. São sempre comentários super positivos como os que você fez na resenha.
    Eu tenho muita curiosidade de ler, tanto por causa dos elogios quanto por causa do enredo em si. Por outro lado, não tenho intenção de iniciar essa série tão cedo devido ao tamanho dos livros e ao fato de ser uma série tão longa.
    Um dia, eu ainda vou ler, mas tenho outras prioridades no momento.
    De qualquer forma, fico feliz que tenha sido uma leitura tão apaixonante para você.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  28. Oiee! Que resenha super completa! Parabéns pelo trabalho, afinal essa série é enorme, tenho uma amiga que é bem, até tentei ler mas larguei.
    Que bom que você gostou!

    ResponderExcluir
  29. Oie!
    Eu já li esse livro e gostei muito da história.Mesmo com a enrolação que a autora acaba colocando em seus textos, a história é belissima, daquelas que envolve o leitor e deixa aquele gostinho de quero mais. Muito bom!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  30. Oiiie

    Eu nem conhecia essa capa!!! Eu li esse volume em uma leitura coletiva que fiz em parceria com o Mundo Sublinhado. E gostei muito. O segundo me desanimou e não consegui engatar no terceiro. Só fico um pouco perdida com tantos fatos historicos

    Beijos

    ResponderExcluir
  31. Oi Raquel,
    Comecei a assistir Outlander mês passado e fiquei completamente viciada. Pretendo ler os livros, porém ainda não tive tempo de começar, já que os livros são beeem grandinhos. Sua resenha ficou realmente extensa, mas entendo que quando agnt gosta muito de alguma coisa queremos contar todos os detalhes para convencer as pessoas de lerem.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    ResponderExcluir
  32. Olá! Menina estou com o livro errado então, preciso desse primeiro! Estou louca para começar a ler, uma amiga me recomendou bastante a leitura do livro, mas estou com Tambores do outono parte 1. Amei sua resenha, me deixou com mais vontade de ler, beijos!

    ResponderExcluir
  33. Oi, Raquel. Tudo bem?
    O livro definitivamente não é para mim ahhahah
    Não curto esses livros gigantes e pior ainda se for de uma série gigante de livros gigantes ahhahahah
    Minha vida é muito curta pra isso ahhaha
    Além disso também não curto histórias passadas nas eras antigas por causa dos costumes e machismos da época. Passo a dica.
    Mas que bacana que você curtiu tanto.
    Beijoooos
    http://www.profissaoescritor.com.br/

    ResponderExcluir
  34. Olá!
    Nossa, que resenha apaixonada! rsrs
    Eu já pensei em ler essa série, mas fiquei com medo de não curtir, por ser muito extensa (cada livro é bem extenso, tanto que dividiram vários deles em dois, e a série mais ainda). Eu morro de curiosidade, me falta mesmo coragem. rsrs
    Bjos!
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  35. É tão bom qnd a GNT encontra um livro, que é até difícil explicar pq é tão bom ❤ Conheço algumas blogueiras como vc que amam essa história! Eu já tenho o primeiro livro mas preciso de um tempinho tranquilo pra ler, rs.
    Bjs Raquel
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  36. Olá! Fiquei impressionada com as 800 páginas que esse livro tem! Uau! E que bom ter sido uma das melhores leituras de sua vida. De início, me encantei pela resenha, ainda mais pelo fato de a personagem ter trabalhado na Guerra, tema de fundo que eu adoro em um livro. Quando você diz que algo aconteceu e ela voltou no tempo, fiquei um pouco desanimada, mas logo vi que o roteiro criado foi bem interessante, me parece que deixou a história bem dinâmica e fluida, o que me fez interessar novamente pela leitura. Vou saber mais para ver se entra em minha lista, pois realmente estou fugindo um pouco de séries tão longas...
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  37. A resenha mais completa que li sobre esse livro.
    Parece ter sido uma leitura incrível. Eu amo a série que foi originada do livro, e estou louca pela terceira temporada. Pelo que li a série está sendo bem fiel ao proposto pelo livro. Mas ainda assim quero ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  38. Oi Raquel!
    SOU APAIXONADA POR OUTLANDER! <3
    Estou lendo o 'A Cruz de Fogo - Parte 2' e como sempre aos suspiros e lágrimas.
    Diana Gabaldon é incrível.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  39. Olá!

    Olha, não tenho muita vontade de conhecer essa série, são volumes muito extensos e não tenho tempo nem paciência para tal. Como não faz meu gênero, também não pretendo ver a série, mas fico feliz que tenha gostado, com certeza foi uma leitura e tanto pra você!!

    ResponderExcluir
  40. OIii!

    Gente, essa autora escreve!!!! hahaha além de ser várias obras, são bem grandinhas, né? E eu fico feliz que seja assim, pq não tem uma pessoa que não elogie. E eu sempre tenho medo de que por conta do numero excessivo de volumes, a autora se perca. Mesmo vc dizendo que foi dificil falar sobre a obra, conseguiu se expressar muito bem!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  41. Olá
    Eu ja ouvi aflar muuuito sobre e sempre bate uma curiosidade por parecer ser uma história construída tão bem mas não sou fã de fantasia então fico num impasse, mas quem sabe eu não arrisque qualquer hora

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  42. Oi Raquel, este livro é realmente maravilhoso e adorei a sua resenha, deu uma saudade, eu só li o primeiro, e espero conseguir ler os outros logo, sua resenha está super completa!! Amei!!

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
  43. Olá,

    Não conhecia o livro, mas a história parece ser muito interessante e bem estruturada, além da capa ser bem atraente, com certeza darei uma chance.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  44. Oie!

    Guria essa série não funcionou comigo! Eu tentei ler esse primeiro volume e não sai do chão, tentei a série também e foi a mesma coisa, mas não posso negar que as capas são ótimas e as histórias criadas pela autora também, só não funcionou comigo infelizmente!

    BJss

    ResponderExcluir
  45. Oi, Raquel! Tudo bem? Caramba, o livro parece ser maravilhoso! Só acho meio sem graça essa capa. Acho que o livro merecia algo mais trabalhado, né? Ah, eu já vi algumas coisas sobre a série televisa e fiquei muito curioso em conferir Outlander. Espero fazer isso algum dia! Adorei a resenha! <3

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  46. Oi, Raquel! Conheci esse título na bienal internacional do livro em 2014, mas nunca tinha dado muita bola, mesmo achando a sinopse interessante, e, assim como você, quando soube da série de TV comecei a investir nos livros antes de começar a assistir hehe
    É a primeira vez que vejo essa edição, e achei linda, mas como a Rocco não publicou as outras, prefiro ainda as publicações da Arqueiro.
    Adoro histórias com viagens no tempo, então mal posso esperar para começar a ler meu exemplar.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  47. Oi, tudo bem?
    Eu amo esse livro, amo o Jamie, que apesar de ter tido vontade de dar uns tapas nele o meu encantamento prevaleceu!
    Adorei a sua resenha, está super completa!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  48. Olá! Outlander é realmente apaixonante. Estou adquirindo todos os livros e acompanhando as temporadas. Não tem como não mar Jamie e Claire, e virar fã da autora. Vale muito a pena conhecer e compartilhar essa indicação. Achei bonita a capa, a minha versão é aquela com amoça e paisagem. Ótima sua resenha! super bjo

    ResponderExcluir
  49. Olá,

    Gostei muito da sua resenha e consegui ter um vislumbre excelente da história. O livro parece ser uma leitura que vale a pena e com certeza já está na minha lista. Excelente post!

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  50. Com certeza um livro que tem guerra e viagem no tempo me agradaria, indicações é que não faltam, você não é a primeira pessoa que vejo se apaixonar por ele, mas o que me desanima é o tamanho da série. Achei que eram oito livros, descobrir que serão pelo menos dez me desanimou ainda mais.

    ResponderExcluir
  51. Olá!
    Eu nem sei como começara falar do meu amor por essa série de livros, de fato é também um dos melhores livros que eu já li na minha vida e, na verdade, estou relendo tudo novamente, estou no momento no livro 4 - vol 1. Ao contrário de você, eu assisti primeiro ao seriado, em tipo, uma semana, fiquei louca como a segunda temporada acabou e fui correndo ler os livros. Agora estou sofrendo com a terceira temporada também hahahaha Vou ficar no aguardo da sua postagem sobre a série também.
    Beijos.

    ResponderExcluir





  52. Vi as três temporadas e li até o quinto livro (8 volumes), tudo em 2017.História linda, bem encadeada, não há a mínima chance da autora se perder. Rica em informações históricas sobre o conflito entre Inglaterra e Escócia, sobre a medicina e os costumes da época , comparados aos conhecimentos que ela tem de sua própria época ,informações essas baseadas em pesquisas com especialistas (muito interessante a explicação que a Claire dá sobre herança genética em um momento crucial da história). Mas o que mais me encanta é a química entre Claire e Jamie, o amor que surge entre eles, a força de Claire e como ela tem tiradas espirituosas ( burra? onde li isso? acho que em um dos comentários do blog)! O casal de atores deu mais força a essa minha percepção. Enfim, uma história maravilhosa, tanto no livro , quanto na série.

    ResponderExcluir